Defesa contra os tipos de ordens de proteção pessoal em Massachusetts

Defesa contra os tipos de ordens de proteção pessoal em Massachusetts

Enfrentar uma Ordem de Proteção Pessoal (PPO) em Massachusetts pode ser uma experiência assustadora e estressante. Estas ordens, embora concebidas para proteger os indivíduos contra assédio, abuso ou ameaças, podem por vezes ser utilizadas indevidamente ou baseadas em mal-entendidos. Compreender como se defender contra diferentes tipos de OPP é crucial para qualquer pessoa acusada de tais ações.

Defesa contra os tipos de ordens de proteção pessoal em Massachusetts

Enfrentar uma Ordem de Proteção Pessoal (PPO) em Massachusetts pode ser uma experiência assustadora e estressante. Estas ordens, embora concebidas para proteger os indivíduos contra assédio, abuso ou ameaças, podem por vezes ser utilizadas indevidamente ou baseadas em mal-entendidos. Compreender como se defender contra diferentes tipos de OPP é crucial para qualquer pessoa acusada de tais ações. Este artigo fornece uma visão geral dos tipos de PPOs em Massachusetts e estratégias para se defender contra eles.

Tipos de ordens de proteção pessoal

A lei de Massachusetts reconhece vários tipos de ordens de proteção, cada uma atendendo a situações diferentes:

  1. Ordens de prevenção de abuso (ordens 209A): Estes são emitidos para proteger os indivíduos contra abusos por parte de uma família ou membro da família. O abuso pode incluir danos físicos, tentativas de causar danos, colocar alguém com medo de danos físicos graves iminentes ou fazer com que alguém se envolva involuntariamente em relações sexuais por força, ameaça ou coação.
  2. Ordens de prevenção de assédio (ordens 258E): Estas ordens protegem os indivíduos do assédio por parte de qualquer pessoa, independentemente da sua relação com o assediador. O assédio é definido como três ou mais atos que causam medo, intimidação, abuso ou danos à propriedade, ou um ato de relações sexuais forçadas.

Estratégias para se defender contra um PPO

Se você for atendido por um PPO, é essencial tomar medidas imediatas e apropriadas. Aqui estão algumas estratégias para se defender contra essas ordens:

  1. Procure aconselhamento jurídico: Contratar um advogado experiente é fundamental. Um advogado pode ajudá-lo a compreender seus direitos, navegar no processo legal e desenvolver uma estratégia de defesa forte.
  2. Reunir provas: Colete qualquer evidência que apóie seu caso. Isso pode incluir mensagens de texto, e-mails, registros telefônicos, depoimentos de testemunhas e qualquer outra documentação que possa demonstrar o seu lado da história.
  3. Participe da Audiência: É crucial comparecer à audiência. O não comparecimento pode resultar na concessão do PPO por padrão. Na audiência, você terá a oportunidade de apresentar suas provas e depoimentos.
  4. Desafie as alegações: Durante a audiência, questione a exatidão e a credibilidade das alegações contra você. Aponte inconsistências, falta de provas ou quaisquer motivações que o requerente possa ter para apresentar uma reclamação falsa.
  5. Testemunhas de personagens atuais: Se possível, traga testemunhas que possam testemunhar sobre seu caráter e comportamento. Isto pode ajudar a contrariar as reivindicações do demandante e proporcionar ao juiz uma visão mais equilibrada.
  6. Demonstrar conformidade: Mostre que você cumpriu todas as ordens temporárias e que não representa nenhuma ameaça ao reclamante. Isso pode demonstrar sua disposição de cumprir a lei e mitigar o risco percebido.

Defesas Específicas para Pedidos 209A

Para Ordens de Prevenção de Abuso, as defesas específicas podem incluir:

  • Falta de evidências: Demonstrar que não há provas suficientes para apoiar as alegações de abuso.
  • Falsas alegações: Forneça provas de que as alegações são falsas ou exageradas, possivelmente motivadas por disputas de custódia, vingança ou outros motivos pessoais.
  • Defesa pessoal: Se aplicável, mostre que quaisquer ações físicas foram tomadas em legítima defesa ou defesa de terceiros.

Defesas específicas para pedidos 258E

Para Ordens de Prevenção de Assédio, as defesas específicas podem incluir:

  • Falta de padrão: Argumentar que o comportamento alegado não constitui um padrão de assédio conforme definido por lei (três ou mais atos).
  • Interpretação errada: Mostre que o reclamante interpretou mal suas ações ou que seu comportamento não teve a intenção de causar medo, intimidação ou abuso.
  • Direitos da Primeira Emenda: Se aplicável, argumente que suas ações estão protegidas pela Primeira Emenda (liberdade de expressão).

Conclusão

A defesa contra uma ordem de proteção pessoal em Massachusetts requer uma compreensão completa do processo legal e uma abordagem estratégica. Envolver um advogado experiente, reunir provas, comparecer a audiências e contestar alegações são passos críticos para montar uma defesa bem-sucedida.

Se você estiver enfrentando um PPO, entre em contato com o escritório de advocacia Elliot Savitz & Scott Bradley. Nossos advogados qualificados têm ampla experiência na defesa contra ordens de proteção e trabalharão incansavelmente para proteger seus direitos e reputação. Ligue-nos hoje para agendar uma consulta e garantir que você tenha a melhor defesa possível.

TESTEMUNHOS

“Não posso começar a dizer o quanto apreciei sua orientação e apoio mais sinceros. Este foi um dos anos mais difíceis que passamos com nosso filho. Não poderíamos esperar um resultado mais positivo”.
“Caro Elliot, Apenas uma pequena nota cheia de sinceros agradecimentos por sua ajuda e apoio em minha defesa durante minha audiência no tribunal. Eu não posso começar a expressar o quanto estou grata por saber que esse incidente tolo e suas consequências finalmente acabaram. Mais uma vez, muito obrigado.”
“Caro Elliot, As pessoas não são imunes à 'fortuna' em suas vidas. O lado bom é que alguém está lá fora para salvá-los. Você é a pessoa que está salvando meu destino. Você representa 'integridade e justiça'. Você é o melhor advogado do mundo.”
“Queria agradecer mais uma vez. Estou no final do meu período de experiência. Eu não poderia ter feito isso sem vocês. Você foi um grande apoio. Eu só quero que você saiba que apreciei tudo o que você fez.”
“Eu realmente queria agradecer muito. Eu não posso agradecer o suficiente. Você estava sempre lá para cumprir o que fosse exigido pelo tribunal.”
“Caro Sr. Savitz, Muito obrigado por todo o seu trabalho duro, bem como sua persistência no meu caso. Eu realmente aprecio sua sensibilidade em lidar comigo sobre este assunto. Sinto-me bem com o resultado do meu caso e agradeço a você por resolvê-lo rapidamente.”
“Obrigado por me representar no tribunal. Tudo funcionou para melhor. Tenho participado de todas as minhas reuniões de AA, consultado a Catholic Charities e me reunido com meu oficial de condicional. Não bebo desde o dia em que fui ao tribunal e está tudo ótimo em casa.”
“Estou sentado aqui pensando na vitória notável que você conseguiu. Eu só tinha que deixar você saber que foi uma vitória notável. Bem feito."
“Ficamos absolutamente surpresos e muito gratos pela forma como Elliot lidou com o caso de nosso filho e o recomendamos para qualquer pessoa que precise de aconselhamento jurídico!”

CONTATE-NOS

ACUSAÇÕES CRIMINAIS

SERVIÇOS JURÍDICOS ADICIONAIS

NÃO HÁ CUSTO PARA SUA CONSULTA INICIAL.
Chamar (781) 974-3429 & Dê o primeiro passo para desenvolver uma estratégia vencedora.

Advogado de Defesa Criminal

Se você estiver enfrentando acusações criminais, ligue para The Law Offices of Elliot Savitz & Scott Bradley, em (781) 974-3429.

Estamos disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana e podemos avaliar suas acusações criminais por telefone para determinar rapidamente o melhor curso de ação. Então, nosso escritório de advocacia irá representá-lo no tribunal enquanto lutamos juntos contra suas acusações.

O PRIVILÉGIO DE CLIENTE DE ADVOGADO protege sua conversa, para que você possa ser aberto e honesto com os advogados Savitz Bradley qualquer que seja o encargo ou encargos. Estamos genuinamente comprometidos em proteger seus direitos e sempre agiremos em seu melhor interesse.